sexta-feira, 29 de agosto de 2008

O Tesouro

Os Cavaleiros Guardiões/Guardiães de Santa Maria do Olival fazem referência a descobertas em Tomar .

Trata-se do Tesouro, pertença da Humanidade e que coube às gentes de Tomar a sua protecção.
Contudo, as gentes de Tomar estão a revelar-se incapazes e desmerecedoras de tal missão.

O Tesouro está a ser vandalizado, destruído e corrompido.
As entidades públicas são rameiras pelo maior soldo e falsas honrarias.
As gentes, fugindo à sua missão, às suas funções, são ovelhas a pascentar num campo de cardos.

Aguardem a volta.

1 comentário:

scaliburis disse...

Acordam-me do sono eterno.
Estilhaçam o meu berço de morte.
Doce morte que me isola
do mundo, da depravação.
Espalham as minhas pedras,
sem respeito pela memória de quem lhes deu o presente.
Deixa-me pousar no teu espírito,
para que juntos possamos
assombrar-lhes a existência.